Passar para o Conteúdo Principal
C.M Matosinhos
PiscinadasMarésArquiteturaNotícias

“Cem edifícios do século XX”

Piscina das Marés é o único edifício português a integrar o novo cânone da arquitetura do século XX

14.03.19

not livro piscina marés

A Piscina das Marés de Leça da Palmeira, de Álvaro Siza Vieira, é o único edifício português a figurar no livro “Cem edifícios do século XX”, já considerado uma espécie de novo cânone da arquitetura mundial deste período. A escolha foi feita por meia centena dos melhores projetistas mundiais a pedido do The Now Institute da Universidade de Los Angeles (UCLA) e deu origem ao livro coordenado por Thom Mayne, publicado em 2017 pela editora norte-americana Rizzoli e que acaba de ser também editado em Espanha pela Editorial Gustavo Gili.
not lat livro arquiteturaA Piscina das Marés é não só o único projeto nacional a figurar nesta exclusivíssima escolha, como é também o único edifício de um arquiteto português a integrar a lista, largamente dominada por nomes como os de Le Corbusier e Mies van der Rohe, ambos com vários imóveis na lista. Le Corbusier assina, de resto, os dois projetos mais votados, a Villa Saboye (com Pierre Jeanneret) e a Capela de Notre-Damme-du-Haut.
Classificada no lugar 73, a Piscina das Marés foi escolhida por 23 dos 50 arquitetos auscultados, Incluindo Tadao Ando, Zaha Hadid e Kazuo Sejima, todos vencedores, tal como Siza, do Prémio Pritzker. O texto que acompanha o projeto português, da autoria de Peter Testa, realça que as piscinas de Leça da Palmeira “demonstram que a arquitetura pode ser audaz e subtil, simples e complexa, e, ao mesmo tempo, implicar todos os sentidos”.
Para além da Piscina das Marés, há na lista dos “Cem edifícios do século XX” apenas outros três edifícios cujos projetistas falam Português (com sotaque do Brasil): o Edifício do Congresso Nacional de Brasília, de Óscar Niemeyer, e o Museu de Arte de São Paulo e o Centro Cultural SESC Pompeia, ambos de Lina Bo Bardi.
A seleção foi feita por alguns dos melhores arquitetos mundiais, como Steven Holl, Richard Rogers, Toyo Ito, Daniel Libeskind, Rafael Moneo, Kengo Kuma, Itoshi Abe, Denise Scott Brown ou a portuguesa Ana Tostões.
Propriedade da Câmara Municipal de Matosinhos e declarada Património Nacional em 2011, a Piscina das Marés foi inaugurada em 1966. Ainda este ano vai ser objeto de uma ampla operação de restauro e adaptação à legislação em vigor, de acordo com um projeto gizado pelo próprio Álvaro Siza Vieira.
Refira-se ainda que a Editorial Gustavo Gili tem também no seu catálogo o livro “Álvaro Siza Vieira – Piscinas en el mar”, de Keneth Frampton e Vincent Mentzel, publicado em Espanha no ano de 2018 a partir da edição original do College of Architecture do Illinois Institute of Technology. O livro inclui incursões pela Casa da Chá da Boa Nova e pela Piscina da Quinta da Conceição.

image title

Artigos relacionados: