Passar para o Conteúdo Principal
C.M Matosinhos
Imagem casa da arquitectura 1 2500 2500 1 2500 2500
CasadaArquitecturaNotícias

Carrilho da Graça

Depósito de Acervo na Casa da Arquitectura

15.02.20

O acervo de mais de 40 anos de atividade profissional do arquiteto João Luís Carrilho da Graça passa a partir de hoje a estar integrado no Arquivo da Casa da Arquitectura.

A cerimónia de assinatura do Contrato de Depósito do Acervo decorreu hoje, no Arquivo da Casa da Arquitectura. A apresentação da obra esteve a cargo de Delfim Sardo, professor de História de Arte Contemporânea na Universidade de Coimbra, curador e ensaísta.

A Presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, Luísa Salgueiro, marcou presença na iniciativa, assim como o Vice-presidente da autarquia, Fernando Rocha, e o Diretor Executivo da Casa da Arquitectura, Nuno Sampaio.
O acervo de João Luís Carrilho da Graça que agora chega à Casa da Arquitectura é produto de mais de 40 anos do seu trabalho e contempla cerca de trezentos projetos, mais de uma centena dos quais tendo resultado de concursos públicos. O extenso conjunto de planos foi feito para diversos países, Espanha, França, Chipre, Itália, Suíça, Bélgica, Holanda, Alemanha, Áustria, Hungria, Finlândia, Egipto, Brasil e Estados Unidos da América, mas a grande maioria diz respeito ao território nacional, incluindo projetos bem conhecidos pelo público português, como as Piscinas em Campo Maior (1982-1990), a Ponte sobre a Ribeira da Carpinteira na Covilhã (2003-2009) ou o Terminal de Cruzeiros em Lisboa (2010-2018).

Entre o conjunto do material incorporado é possível encontrar desenhos e escritos de Carrilho da Graça e dos seus colaboradores, mas também uma extensa coleção de maquetas que representam tanto as obras construídas, como algumas versões diferentes das que acabaram por ser executadas, ou até mesmo, em alguns casos, projetos que não chegaram a passar do papel.

Os projetos de Carrilho da Graça incorporados no arquivo da Casa da Arquitectura serão a base de uma grande exposição dedicada à sua obra anunciada para 2021.

João Luís Carrilho da Graça, nascido em 1952, arquiteto desde 1977, vive e trabalha em Lisboa.

À sua obra foram atribuídos diversos prémios e distinções, nomeadamente o Prémio da Associação Internacional dos Críticos de Arte (1992), Prémio Secil de Arquitectura (1994), Prémio Valmor (1998, 2008, 2010, 2017), Prémio FAD, Espanha (1999), Ordem de Mérito da República Portuguesa (1999); Prémio Bienal Internacional da Luz – Luzboa (2004); Prémio Pessoa (2008), Prémio Piranesi – Prix de Rome (2010), Ordre des Arts et des Lettres – República Francesa (2010), Medalha da “Académie d’Architecture”, Paris (2012), Prémio Internacional de Arquitectura Sacra – Frate-Sole (2012), Prémio Bienal Ibero-Americana de Arquitectura e Urbanismo (2012), Prémio Anual Aquisição de Arquitectura pela Academia Nacional de Belas-Artes (2014); International Fellowship do Royal Institute of British Architects (2015), Membro Honorário da Ordem dos Arquitectos (2015), Prémio Bienal Internacional de Arquitectura de Buenos Aires (2018), Prémio Leon Battista Alberti do Politecnico di Milano, Campus de Mantova (2018), Prémio arpaFil, Guadalajara, México (2018), Ordem da Instrução Pública da República Portuguesa (2019).

Foi nomeado e/ou selecionado para o prémio europeu de arquitetura Mies Van der Rohe em diversos anos. Participou na representação oficial de Portugal à 12ª, 13ª e 16ª Bienal de Arquitetura de Veneza e na exposição central da 15ª Bienal.

Foi Professor na Faculdade de Arquitectura da Universidade de Lisboa entre 1977 e 1992 e entre 2014 e 2019; na Universidade Autónoma de Lisboa entre 2001 e 2010; na Universidade de Évora entre 2005 e 2013; na Universidade de Navarra entre 2005 e 2015; na Cornell University, New York, em 2015. Atualmente, professor da Cátedra Unesco Leon Battista Alberti do Campus de Mantova do Politécnico de Milano e da Haute École du Paysage, d’Ingénierie et d’Architecture de Genève. Doutor Honoris Causa pela Faculdade de Arquitectura da Universidade de Lisboa.

not_acervo__1_
not_acervo__2_
not_acervo__3_
not_acervo__4_
not_acervo__5_
not_acervo__6_
not_acervo__7_
not_acervo__8_
not_acervo__9_
not_acervo__10_
not_acervo__11_
not_acervo__12_
not_acervo__13_
not_acervo__14_
not_acervo__15_
not_acervo__16_
not_acervo__17_
not_acervo__18_