Passar para o Conteúdo Principal
C.M Matosinhos
Imagem eixo atlantico 1 2500 2500
EixoAtlânticoNotícias

Eixo Atlântico em Matosinhos

Luísa Salgueiro eleita vice-presidente da Mesa da Assembleia

07.02.20

“O Eixo Atlântico do Noroeste Peninsular é uma referência para nós na área da cooperação. Esta é a melhor forma de termos voz na União Europeia”, manifestou hoje, em Matosinhos, a Ministra da Coesão Territorial.
Ana Abrunhosa marcou presença na sessão de encerramento da XXVIII Assembleia-Geral do Eixo Atlântico, que decorreu esta manhã, na Câmara Municipal, e que reuniu representantes de 35 municípios galegos e portugueses.
A governante sublinhou a necessidade de uma maior dotação financeira no próximo quadro comunitário de apoio para os programas operacionais de cooperação transfronteiriça, transnacional e interregional. Ana Abrunhosa espera ainda que, em 2020, a taxa de execução dos programas operacionais passe dos 29% para os 50%, de forma a serem utilizados os cerca de 1,5 mil milhões de euros disponíveis.
A Presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, que assumiu as funções de vice-presidente da Mesa da Assembleia, fez ainda o balanço dos últimos dois anos em que foi vice-presidente do Eixo Atlântico.
Para Luísa Salgueiro, a ferrovia, os caminhos de Santiago e a Agenda Urbana foram as principais áreas de intervenção.
A autarca de Matosinhos considerou a rede ferroviária estratégica para a conetividade de uma euroregião que serve cerca de sete milhões de pessoas, sendo decisivos investimentos como a melhoria da linha A Coruña – Ferrol, Lugo – Ourense, Monforte de Lemos Venta de Baños, Lugo - A Coruña, a modernização da linha Vigo – Ourense ou Vouga, e a construção de novas ligações ferroviárias a Bragança, Aeroporto Sá Carneiro, Europarque ou do Porto Exterior de Coruña.
Luísa Salgueiro salientou que, em Guifões, irá nascer o Centro Tecnológico da Ferrovia, um polo de competências que agregará universidades, unidades de investigação e empresas focado na formação de quadros especializados e na criação de novos produtos e serviços para melhorar a conetividade.
No que respeita ao caminho de Santiago, a edil referiu os 350 mil peregrinos e a candidatura a Património da Unesco, à semelhança do que já aconteceu com os percursos francês e peninsular espanhol. "Acredito que no próximo ano, acompanhando o Jacobeu, existam condições para a concretização deste nosso sonho coletivo”, afirmou, acrescentando que a Câmara Municipal de Matosinhos, na sua freguesia mais a norte, em Angeiras, vai transformar o segundo piso de um mercado tradicional num albergue para peregrinos.
Por fim, abordou a Agenda Urbana, feita a pensar já no próximo quadro comunitário e assente nos princípios da participação e sustentabilidade.
Da ordem de trabalhos, destaque para a eleição de Ricardo Rio (autarca de Braga) para presidente da comissão executivo do Eixo Atlântico e de Alfredo García (alcaide de O Barco de Valdeorras) para presidente da Mesa da Assembleia, para a inclusão das cidades da Póvoa de Varzim e de Culleredo, e para a aprovação de um orçamento de 3,9 milhões de euros para este ano.
O presidente do Eixo Atlântico, Ricardo Rio, revelou que a captação de investimento e de talento será um dos eixos da estratégia para fixar população na euro-região. Para fazer face aos problemas de coesão social e de crise demográfica, está a ser elaborada uma estratégia com soluções que serão enviadas aos governos de Espanha e de Portugal, bem como à Xunta de Galicia.
No âmbito das infraestruturas serão realizadas reuniões com os ministros responsáveis das obras públicas de Espanha e Portugal para resolver situações como o bypass de Braga, a Saída Sul de Vigo, o corredor do Atlântico, as ligações viárias entre Ponferrada-Barco de Valdeorras-Monforte-Ourense, o troço pendente da ligação Lugo-Santiago e a melhoria da estrada que une Bragança com Puebla de Sanabria.
Presente na Assembleia do Eixo Atlântico esteve ainda o Vice-presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, Fernando Rocha.

not_eixo_atlantico_em_matosinhos__1_
not_eixo_atlantico_em_matosinhos__2_
not_eixo_atlantico_em_matosinhos__3_
not_eixo_atlantico_em_matosinhos__4_
not_eixo_atlantico_em_matosinhos__5_
not_eixo_atlantico_em_matosinhos__6_
not_eixo_atlantico_em_matosinhos__7_
not_eixo_atlantico_em_matosinhos__8_
not_eixo_atlantico_em_matosinhos__9_
not_eixo_atlantico_em_matosinhos__10_
not_eixo_atlantico_em_matosinhos__11_
not_eixo_atlantico_em_matosinhos__12_
not_eixo_atlantico_em_matosinhos__13_
not_eixo_atlantico_em_matosinhos__14_
not_eixo_atlantico_em_matosinhos__15_
not_eixo_atlantico_em_matosinhos__16_
not_eixo_atlantico_em_matosinhos__17_
not_eixo_atlantico_em_matosinhos__18_
not_eixo_atlantico_em_matosinhos__19_
not_eixo_atlantico_em_matosinhos__20_
not_eixo_atlantico_em_matosinhos__21_
not_eixo_atlantico_em_matosinhos__22_
not_eixo_atlantico_em_matosinhos__23_
not_eixo_atlantico_em_matosinhos__24_
not_eixo_atlantico_em_matosinhos__25_
not_eixo_atlantico_em_matosinhos__26_
not_eixo_atlantico_em_matosinhos__27_
not_eixo_atlantico_em_matosinhos__28_
not_eixo_atlantico_em_matosinhos__29_

Artigos relacionados: