Passar para o Conteúdo Principal
C.M Matosinhos
DesportoNotícias

Complexo Óscar Marques já está em obras

Equipamento destina-se à formação de 400 jovens

08.11.19

Arrancaram hoje os trabalhos de ampliação e de requalificação do Complexo Desportivo Óscar Marques, na Senhora da Hora.

“Um processo que passou por vários obstáculos”, conforme adiantou a Presidente da Câmara Municipal, que assinalou o início da empreitada.

Presentes estiveram ainda o vereador dos Recursos Humanos, Valentim Campos, os administradores da Matosinhos Sport, Helena Vaz e Vasco Pinho, o Presidente do Leixões SC, Jorge Moreira, e o Presidente da SAD do Leixões, Paulo Lopo. 

Construído em 1999, o Complexo Desportivo Óscar Marques, cedido ao Leixões SC, deixou, entretanto, de cumprir as medidas regulamentares necessárias para servir as camadas jovens. O recinto encontrava-se desativado há cerca de oito anos. Em 2007, o Plano de Urbanização da envolvente do Estádio do Mar previa a construção no local de uma rotunda com acesso direto à A28. A solução acabaria por ser reformulada, assegurando, assim, o futuro do campo de jogos.

Com um novo projeto, a Câmara Municipal abriu o concurso público para a execução do Complexo Óscar Marques que, por duas vezes, não teve qualquer candidatura apresentada que cumprisse os requisitos necessários. A empreitada acabou ser adjudicada cerca de ano e meio depois, seguindo-se ainda alguns constrangimentos relacionados com a obtenção do visto do Tribunal de Contas, o que atrasou ainda mais o processo.

“É muito difícil explicar às pessoas a demora na concretização deste projeto, mas na verdade perdemos quase dois anos em procedimentos que eram indispensáveis. Agora, estão reunidas as condições para fazermos esta obra”, admitiu Luísa Salgueiro.

O investimento da autarquia, no valor de 1,6 milhões de euros, abrange a ampliação do campo, a colocação de relva sintética e a remodelação dos balneários.

O campo será alargado a sul para responder às medidas mínimas de acordo com as regras da Federação de Futebol Português. Assim, o campo terá as seguintes dimensões: Plataforma do campo- 111 x 72 metros; Medidas de jogo de 105 x 68 metros.

O edifício dos balneários terá quatro vestiários/balneários para os atletas, treinadores e árbitros, posto médico, espaços de arrecadação e áreas técnicas.

A bancada será requalificada, ficando com uma capacidade para acolher 1600 espetadores, além de instalações sanitárias e um bar de apoio.

Com um prazo de execução de dez meses, a obra irá servir a formação de cerca de 400 atletas, dos 5 aos 16 anos, da modalidade futebol de 5,7 e 11, que, até ao momento, treinavam e jogavam em vários equipamentos desportivos do concelho de Matosinhos.

image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title

Artigos relacionados: