Passar para o Conteúdo Principal
C.M Matosinhos
ConstantinoNeryTeatroNotícias

“O Funeral de Neruda”

Últimos 12 dias do poeta Pablo Neruda representados no Nery

07.10.19

Pablo Neruda abriu na passada sexta-feira o mês de outubro da programação do Teatro Municipal de Matosinhos- Constantino Nery com o espetáculo “O Funeral de Neruda”.
Renzo Sicco e Luís Sepúlveda escreveram esta peça de teatro em que descrevem os últimos 12 dias de vida do grande poeta Pablo Neruda e as circunstâncias estranhas em que foi velado o seu corpo.
O italiano Renzo Ricco encena esta peça de teatro, cujo texto escreveu juntamente com o chileno Luís Sepúlveda e que deu origem a um livro com o mesmo título.
Uma coprodução entre a Seiva Trupe - Teatro Vivo e a Assemblea Teatro de Turim com as interpretações de Júlio Cardoso, Clara Nogueira, Filomena Gigante, Joana Teixeira, Rui Spranger; e o barítono italiano Maurizio Leone.
O ator Júlio Cardoso veste a pele de Pablo Neruda, num espetáculo que descreve os últimos 12 dias de vida do poeta chileno Prémio Nobel da Literatura, nomeadamente as circunstâncias pouco claras em que ocorreu a sua morte, poucos dias após o golpe militar no Chile em 1973.
Apesar do recolher obrigatório instituído, uma multidão participou no funeral de Pablo Neruda, dando origem à primeira manifestação pública popular contra o recém-instalado regime do ditador Augusto Pinochet.

FICHA ARTÍSTICA E TÉCNICA:
Texto de Luis Sepúlveda e Renzo Sicco.
Encenação de Renzo Sicco.
Interpretação: Júlio Cardoso, Clara Nogueira, Filomena Gigante, Joana Teixeira, Rui Spranger; e o barítono italiano Maurizio Leone.
Desenho luz de Júlio Filipe
Operação de Filipe Cardú.
Espaço cénico de Renzo Sicco.
Construção de Rui Azevedo.
Guarda-Roupa: Assemblea/Seiva/Alphatones
Produção: Seiva Trupe-Teatro Vivo CRL

not_neruda__1_
not_neruda__2_
not_neruda__3_
not_neruda__4_
not_neruda__5_
not_neruda__6_
not_neruda__7_
not_neruda__8_
not_neruda__9_
not_neruda__10_
not_neruda__11_
not_neruda__12_
not_neruda__13_

Artigos relacionados: