Passar para o Conteúdo Principal
C.M Matosinhos
MuseuQuintaSantiagoCiênciaAstronomiaMUCÉUNotícias

Mucéu

Ciência e astronomia em alta no Museu da Quinta de Santiago

18.08.19

Os jardins do Museu da Quinta de Santiago, em Leça da Palmeira, abriram ontem portas para mais um Mucéu - Dia da Ciência, Noite das Estrelas, um evento inteiramente dedicado à ciência e à astronomia, com inúmeras atividades gratuitas destinadas ao público infantil, famílias e demais interessados.

Ateliês de arte, ciência e física, palestras, concertos, observação noturna ao telescópio de corpos celestes e constelações, projeção do universo num dome insuflável (uma espécie de planetário portátil) foram algumas atividades propostas do Mucéu deste ano que fizeram a delícia dos muitos participantes que se deslocaram ontem ao Museu da Quinta de Santiago.

Os participantes que aderiram ao primeiro dia do evento tiveram, entre outras, a oportunidade de assistir à performance audiovisual “Multiverse”, interativa e em tempo real, pelos Boris Chimp 504. Dividida em três atos, a performance contou a história de Boris 504, um chimpanzé enviado em missão à Lua em 1969 pelos soviéticos, que ficou preso no espaço e nunca regressou à Terra.
Boris Chimp 504 é um projeto que surgiu em 2010 e que junta Miguel Neto (Som) e Rodrigo Carvalho (Visuals & Interactive Systems).
A noite culminou com o concerto, futurista, dos Zurich Dada, um projeto de contornos minimalistas synthpop, nascido e criado no Porto, em 2009, que resulta da criação artística de Ricardo Silva Veloso (voz, sintetizadores e programações) e com uma viagem galáctica que, iniciada pelas 23h30, incluiu a palestra sob o tema “ Da Terra à Lua” em que o astrónomo José Matos explicou como há 50 anos a humanidade chegou à Lua, havendo ainda tempo para a observação noturna ao telescópio.

Hoje, 18 de agosto, os desafios em torno da ciência e da astronomia continuam a partir das 16h00. Destaque para a mesa redonda de astronomia, moderada pelo astrónomo Miguel Gonçalves, com a participação do astrofotógrafo Miguel Claro, do astrónomo José Matos, da astrobióloga Joana Neto Lima e da fundadora da Reserva Dark Sky Alqueva, Apolónia Rodrigues. A chegada do Homem à Lua, o que mudou e o próximo destino espacial serão algumas das questões em debate, a partir das 22h00.

Recorde-se que o Mucéu deste ano apresenta uma programação especial preparada pela Câmara Municipal de Matosinhos em parceria com o Planetário do Porto- Centro Ciência Viva, Universidade do Porto e Associação de Física da Universidade de Aveiro, no ano em que se assinalam os 50 anos da chegada do Homem à Lua.

Ver programa completo em: https://www.cm-matosinhos.pt/cmmatosinhos/uploads/writer_file/document/21706/muceu_2019_pp_rgb.pdf 

image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title

Artigos relacionados: