Passar para o Conteúdo Principal
C.M Matosinhos
MuseuQuintaSantiagoCiênciaAstronomiaMUCÉUNotícias

Mucéu

Ciência e astronomia em alta no Museu da Quinta de Santiago

18.08.19

Os jardins do Museu da Quinta de Santiago, em Leça da Palmeira, abriram ontem portas para mais um Mucéu - Dia da Ciência, Noite das Estrelas, um evento inteiramente dedicado à ciência e à astronomia, com inúmeras atividades gratuitas destinadas ao público infantil, famílias e demais interessados.

Ateliês de arte, ciência e física, palestras, concertos, observação noturna ao telescópio de corpos celestes e constelações, projeção do universo num dome insuflável (uma espécie de planetário portátil) foram algumas atividades propostas do Mucéu deste ano que fizeram a delícia dos muitos participantes que se deslocaram ontem ao Museu da Quinta de Santiago.

Os participantes que aderiram ao primeiro dia do evento tiveram, entre outras, a oportunidade de assistir à performance audiovisual “Multiverse”, interativa e em tempo real, pelos Boris Chimp 504. Dividida em três atos, a performance contou a história de Boris 504, um chimpanzé enviado em missão à Lua em 1969 pelos soviéticos, que ficou preso no espaço e nunca regressou à Terra.
Boris Chimp 504 é um projeto que surgiu em 2010 e que junta Miguel Neto (Som) e Rodrigo Carvalho (Visuals & Interactive Systems).
A noite culminou com o concerto, futurista, dos Zurich Dada, um projeto de contornos minimalistas synthpop, nascido e criado no Porto, em 2009, que resulta da criação artística de Ricardo Silva Veloso (voz, sintetizadores e programações) e com uma viagem galáctica que, iniciada pelas 23h30, incluiu a palestra sob o tema “ Da Terra à Lua” em que o astrónomo José Matos explicou como há 50 anos a humanidade chegou à Lua, havendo ainda tempo para a observação noturna ao telescópio.

Hoje, 18 de agosto, os desafios em torno da ciência e da astronomia continuam a partir das 16h00. Destaque para a mesa redonda de astronomia, moderada pelo astrónomo Miguel Gonçalves, com a participação do astrofotógrafo Miguel Claro, do astrónomo José Matos, da astrobióloga Joana Neto Lima e da fundadora da Reserva Dark Sky Alqueva, Apolónia Rodrigues. A chegada do Homem à Lua, o que mudou e o próximo destino espacial serão algumas das questões em debate, a partir das 22h00.

Recorde-se que o Mucéu deste ano apresenta uma programação especial preparada pela Câmara Municipal de Matosinhos em parceria com o Planetário do Porto- Centro Ciência Viva, Universidade do Porto e Associação de Física da Universidade de Aveiro, no ano em que se assinalam os 50 anos da chegada do Homem à Lua.

Ver programa completo em: https://www.cm-matosinhos.pt/cmmatosinhos/uploads/writer_file/document/21706/muceu_2019_pp_rgb.pdf 

muceu__1_
muceu__2_
muceu__3_
muceu__4_
muceu__5_
muceu__6_
muceu__7_
muceu__8_
muceu__9_
muceu__10_
muceu__11_
muceu__12_
muceu__13_
muceu__14_
muceu__15_
muceu__16_
muceu__17_
muceu__18_
muceu__19_
muceu__20_
muceu__21_
muceu__22_
muceu__23_
muceu__24_
muceu__25_
muceu__26_
muceu__27_
muceu__28_
muceu__29_
muceu__30_
muceu__31_
muceu__32_
muceu__33_
muceu__34_
muceu__35_
muceu__36_
muceu__37_
muceu__38_
muceu__39_
muceu__40_
muceu__41_

Artigos relacionados: