Passar para o Conteúdo Principal
C.M Matosinhos
Imagem cartoon 1 2500 2500
ConstantinoNeryNotícias

Porto Cartoon traz Bob Dylan a Matosinhos

Exposição patente no Constantino Nery até 9 de junho

19.05.19

Mais de 100 caricaturas de Bob Dylan podem ser vistas no Teatro Municipal de Matosinhos - Constantino Nery.

O músico e poeta, vencedor do Prémio Nobel da Literatura em 2016, foi a figura mais caricaturada pelos artistas do humor de todo o mundo, no âmbito do Porto Cartoon World Festival.

Organizado pelo Museu Nacional da Imprensa, o festival já vai na sua 21.ª edição e teve como tema este ano “Línguas e Mundo”.

A exposição ontem inaugurada pela Presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, Luísa Salgueiro, pelo Vice-presidente Eduardo Pinheiro, e pelo Vereador da Cultura, Fernando Rocha, integra o programa do Porto Cartoon World Festival e resulta de uma parceria com o Museu Nacional da Imprensa.

Marcaram presença os vencedores do Prémio Especial de Caricatura de Bob Dylan. O primeiro lugar foi para o artista brasileiro Luiz Carlos Fernandes. O segundo prémio, ex-aequo, foi respetivamente atribuído ao australiano David Rowe e ao português António Santos (Santiagu). O terceiro premiado foi o espanhol Omar Figueroa Turcios.

A exposição estará patente no Teatro Municipal de Matosinhos - Constantino Nery até 9 de junho.

Além do Prémio Especial de Caricatura a Bob Dylan, a organização incluiu um Prémio Especial centrado na figura de Fernão de Magalhães, evocando os 500 anos da viagem de circum-navegação. Os vencedores foram: 1º Prémio- Pedro Ribeiro Ferreira (Portugal); 2º Prémio- Reza Ghorbanian (Irão); 3ª Prémio, ex-aequo, Aurélio Mesquita (Portugal) e Vitor Neves (Portugal).

Este ano estiveram a concurso cerca de 2700 obras, de mais de 620 artistas, oriundos de 73 países distintos, de todos os continentes.

O júri internacional foi composto por Peter Nieuwendjik (presidente da FECO), Maria Milano (designer italiana), Roberto Merino (encenador), Xaquín Marín (fundador do Museo de Humor de Fene, Espanha), António Ponte (representante da Missão Magalhães/Ministério da Cultura) e Luiz Humberto Marcos (diretor do Museu Nacional da Imprensa).
Georges Wolinski, cartoonista do Charlie Hebdo assassinado em 2015, em Paris, foi durante uma década presidente do Júri do Porto Cartoon World Festival e, como tal, foi distinguido, a título póstumo, com o título de Presidente Honorário.

Este ano, o grande vencedor foi o artista belga Luc Descheemaeker com a obra “Money Language”, que representa Donald Trump, com uma língua de dólares.

O segundo lugar foi atribuído a Mojmir Mihatov, da Croácia, e o terceiro a David Vela, de Espanha.

O júri internacional atribuiu Menções Honrosas a artistas de países como Alemanha, Austrália, Áustria, Bélgica, Bulgária, Croácia, Cuba, Indonésia, Irão, Portugal, Roménia, Rússia e Turquia.

As obras distinguidas pelo júri integrarão uma exposição no Museu Nacional da Imprensa, em junho.

Not cartoon  1  1 882 600
Not cartoon  2  1 882 600
Not cartoon  3  1 882 600
Not cartoon  4  1 882 600
Not cartoon  5  1 882 600
Not cartoon  6  1 882 600
Not cartoon  7  1 882 600
Not cartoon  8  1 882 600
Not cartoon  9  1 882 600
Not cartoon  10  1 882 600
Not cartoon  11  1 882 600
Not cartoon  12  1 882 600
Not cartoon  13  1 882 600
Not cartoon  14  1 882 600
Not cartoon  15  1 882 600
Not cartoon  16  1 882 600
Not cartoon  17  1 882 600
Not cartoon  18  1 882 600
Not cartoon  19  1 882 600
Not cartoon  20  1 882 600
Not cartoon  21  1 882 600
Not cartoon  22  1 882 600

Artigos relacionados: