Passar para o Conteúdo Principal
C.M Matosinhos

10ª edição do festival Literatura em Viagem reflete sobre o estado da Europa

Dias 13 a 15 de maio na Biblioteca Municipal Florbela Espanca

10.05.16

Duas dezenas de autores estão convocados para a décima edição do festival Literatura em Viagens (LeV), que na próxima sexta-feira, 13 de maio, pelas 21h30, arranca no salão nobre dos paços de concelho de Matosinhos com uma conferência de José Pacheco Pereira. No ano em que Matosinhos acolhe a Capital da Cultura do Eixo Atlântico, a mais internacional edição do LeV vai debater as narrativas e os caminhos da Europa, tendo como convidado o italiano Claudio Magris, autor essencial para compreender como, desde os tempos mais remotos, as diferentes nacionalidades do continente foram edificadas sobre sucessivas vagas migratórias.

O autor de “Danúbio” será, de resto, uma das figuras centrais do LeV de 2016. Vai ser entrevistado por Rui Tavares no sábado, 14 de maio, pelas 17h45, naquele que já é um dos momentos mais aguardados desta edição do festival, que também contará com a presença de Howard Jacobson, vencedor, entre outros, do prestigiado prémio Man Booker pelo livro “A Questão Finkler”, de 2011. O encontro do britânico com os leitores está marcado para as 15 horas de domingo, 15 de maio.

Entre os convidados para esta décima edição contam-se ainda autores como Ella Berthoud e David Toscana, Lídia Jorge, Patrícia Reis, Gonçalo Cadilhe, Andrés Barba, Paulo Moura, Clara Ferreira Alves, Filipe Morato Gomes, Ilze Butkute, Pedro Vieira, Alberto S. Santos, João Ricardo Pedro, Francisco José Viegas, Josefine Klougart e Luísa Costa Gomes.

Tendo como fulcro a viagem física ou literária, o LeV deste ano refletirá sobre o presente e o futuro da Europa, sobre as histórias, odisseias, sagas e dramas já narrados ou que estão ainda por escrever. Para isso, o festival conta com oito mesas, com temas tão instigantes quanto a capacidade dos livros para salvarem o mundo, as cidades da literatura, as novas vozes da literatura europeia ou os segredos do Irão.

O festival Literatura em Viagem contará ainda com sessões em escolas do concelho, a cargo de Anabela Dias e Cristina Valadas, e com uma oficina dedicada à edição. Durante o festival estará ainda patente a exposição fotográfica “Um dia na Terra”, com imagens recolhidas por Gonçalo Cadilhe em vários continentes, culturas, paisagens e lugares.

O LeV, recorde-se, conta este ano com a parceria do projeto Literary Europe Live, que junta dezasseis organizações e festivais literários de treze países em defesa da riqueza e a diversidade do panorama literário europeu. Trata-se de uma iniciativa da associação Literature Across Fontiers, com o apoio do Programa Europa Criativa da União Europeia, que visa criar programas de mobilidade de escritores no espaço europeu e programas de tradução destinados a divulgar autores dentro e fora do seu país de origem.

 

Consulte aqui o programa

 

 

Artigos relacionados: