Passar para o Conteúdo Principal
C.M Matosinhos

Mensagem do Vereador da Cultura

Independentemente da geração a que se pertença, quase toda a gente cresce em estreito convívio com as histórias de pirataria protagonizadas por imagemflibusteiros tão icónicos como Sandokan, o tigre da Malásia, o mais peculiar capitão Jack Sparrow ou o capitão Blood protagonizado por Errol Flynn. Nem toda a gente sabe, porém, que existiu em Matosinhos o pirata Sá das Galés, que teve um papel decisivo no triunfo do Mestre de Avis sobre os castelhanos e se tornou capitão donatário destas terras, ou que o areal hoje conhecido como Praia da Memória foi, outrora, a Praia dos Piratas, topónimo que testemunha bem a influência dos corsários no nosso território.

A recriação história “Os Piratas”, que a Câmara de Matosinhos volta a organizar junto ao Forte de Nossa Senhora das Neves, em Leça da Palmeira, é, assim, uma forma de recordar esse fragmento da nossa História comum, procurando reconstituir o ambiente que se vivia no tempo em que os piratas se passeavam por Matosinhos, aterrorizando, em muitos casos, as populações que habitavam mais perto da costa.

Trata-se, pois, de preservar o património imaterial da cidade, fazendo-o de forma
descontraída, viva e festiva.

Fernando Rocha, vereador da Cultura da Câmara Municipal de Matosinhos