Passar para o Conteúdo Principal
C.M Matosinhos

Jardim

O jardim é o espaço exterior da Casa de Santiago, o que o torna imediatamente visível e visitável, devido à sua grande beleza. É verdadeiramente notável e encantador. A mancha verde envolve o edifício, assegurando um perfeito equilíbrio: o desenho dos canteiros, as árvores, os arbustos e o empedrado "rimam" com o edifício, numa conjugação de rara beleza, capaz de motivar os visitantes para agradáveis e assíduos passeios. Este jardim estende-se ao Porto de Leixões e à Quinta da Conceição (através da ligação entre-quintas, já há muito projectada e agora realizada).

A entrada pela Rua Pinto de Araújo, foi reactivada, permitindo aos visitantes estacionar em melhores condições, e entrar directamente pelos jardins, cujos caminhos serpenteantes os levarão à Casa e ao Museu.

As esculturas, expostas nos jardins e em reservas visitáveis, são da autoria de Álvaro Siza, Irene Vilar, Lagoa Henriques, Margarida Andrade e Ruy Anahory.
 
 
20070831173149238063.jpg
Vista do edifício a partir do jardim [esquerda] e uma das esculturas de Rui Anahory no jardim [direita]