Passar para o Conteúdo Principal
C.M Matosinhos

Autocarro Turístico

MobilidadeTurismoAutocarroTurístico

Autocarro Turístico em Matosinhos

20080310155506593523.jpg
Em junho de 2004 surge o primeiro circuito dos autocarros turísticos dos STCP em parceria com a Carristur. Este primeiro percurso é realizado pela zona histórica da cidade do Porto e Ribeira de V. N. Gaia com a extensão de 10 km, 15 paragens e a duração de cerca de 50 minutos.
Em março de 2005 o serviço é alargado a outros locais. São abrangidos: R. Júlio Dinis, Rotunda da Boavista, Av. Gomes da Costa, R. Marechal Saldanha, Av. Brasil, R. do Passeio Alegre, Cálem e R. do Ouro.
Passam a ser servidos os hotéis da Boavista, a Casa da Música, Serralves e as praias da Foz do Douro.
A duração do percurso passa de cerca de 50 para 90 minutos, sendo a primeira paragem mantida no Infante D. Henrique.
O percurso duplica, passando de 10 para cerca de 22 km e 27 paragens.
 
Em abril de 2007 é criado um novo circuito.
 
Os circuitos Porto Vintage passam a designar-se: Porto Antigo (o percurso existente) e Porto das Pontes (o novo percurso).
Os horários são redefinidos e o número de viagens/dia aumenta.
 
O sistema de som digital para acompanhamento das viagens, em 8 idiomas, é alargado aos dois circuitos.
 
A diversificação da oferta passou a integrar, pela primeira vez em 2006, dois novos produtos que funcionam em alturas específicas do ano: Porto à Noite (18 junho a 30 setembro, com partidas às 20h30 e 22h00) e Porto a Brilhar (17 de novembro a 6 de janeiro, com partidas às 20h30, 21h30 e 22h30).
 
Os bilhetes podem ser comprados a bordo da viatura, nos postos de atendimento dos STCP, no Museu do Carro Elétrico; no posto móvel da STCP em carro elétrico, em hotéis, postos de turismo e empresas de turismo.
 

A 7 de março de 2008 surge o 3º Percurso Porto Vintage, que alarga o serviço a Matosinhos e Leça: Porto dos Castelos.

Este serviço funciona todos os dias da semana, de hora a hora com início às 9h30. De novembro a março a última viagem tem início às 15h30 e de abril a outubro às 17h30. Cada viagem tem a duração de 120 minutos e o bilhete custa 10 € por adulto e 5 € por criança dos 4 aos 12 anos. O bilhete tem a validade de 24h00, podendo o utente realizar 3 percursos em circuito aberto: Porto das Pontes; Porto Antigo e Porto dos Castelos e ainda permite viajar na rede de autocarros da STCP.
 
As paragens em Matosinhos (27, o percurso total tem 56 paragens) vão contemplar os seguintes monumentos e locais:
 
20080310160207953596.jpg
 Ida
Anémona
Brito Capelo
Afonso Henriques
Câmara de Matosinhos
Biblioteca Florbela Espanca
Igreja de Matosinhos
Centro Hípico
Quinta da Conceição
Quinta de Santiago
Porto de Leixões
Castelo de Leça
Praia de Leça
Paço da Boa Nova
Farol da Boa Nova
 
Volta
Farol da Boa Nova
Paço da Boa Nova
Piscina das Marés
Clube Náutico
Terminal de Cruzeiros
Quinta de Santiago
Quinta da Conceição
Senhor de Matosinhos
Mercado de Matosinhos
Marisqueiras
Lota
Senhor do Padrão
Praia de Matosinhos
Anémona

O Turismo de Matosinhos efetua visitas guiadas ao centro cívico (Câmara, Biblioteca Florbela Espanca e Galeria Municipal), diariamente, às 10h30, 11h30, 14h30, 15h30 e 16h30.
Este novo serviço vai dar a conhecer Matosinhos aos muitos visitantes e turistas que visitam o Porto. A gastronomia, uma das imagens de marca do nosso concelho, sai reforçada com esta nova aposta. Desde o robalo, à lagosta, ao polvo, ao bacalhau, ao tamboril, passando pela famosa sardinha, saboreie os sabores destes acepipes, grelhados na brasa, em caldeirada ou na cataplana. A não perder durante os meses de verão a Festa do Mar, evento gastronómico, onde os principais ingredientes são a gastronomia, a animação, os restaurantes e os espetáculos.
 
A Festa do Mar tem como principal objetivo promover e requalificar a gastronomia do nosso concelho, bem como reforçar a capacidade de uma oferta gastronómica, junto de outros públicos, que já tem tradição em Matosinhos.
 
Agora é mais fácil vir almoçar ou jantar a Matosinhos!
 
A arquitetura também predomina em Matosinhos onde podemos encontrar as primeiras obras de Álvaro Siza – a Piscina das Marés e a Casa de Chá da Boa Nova, em Leça da Palmeira. As marginais de Leça da Palmeira de Álvaro Siza e a da Praia de Matosinhos de Eduardo Souto Moura. Os trabalhos do arquiteto Alcino Soutinho: edifício da Câmara Municipal e o bem mais recente edifício da Biblioteca.
 
Matosinhos oferece belas praias, que vão recortando a costa em desenhos desiguais. Umas pequenas e recatadas, ideias para um dia sossegado, outras com areais a perder de vista, convidando a longos passeios à beira-mar!
 
No inverno, são procuradas pelos amantes do surf, bodyboard, vela, windsurf e mergulho que encontram no mar do norte as condições ideais para a prática destes desportos, bem como pelos praticantes do lançamento do papagaio ou da asa, que aproveitam a característica nortada para aperfeiçoar acrobacias.
 
No verão, as praias enchem-se de gente que procura o sol, o mar, a areia dourada, o calor, o descanso ou a animação das praias de Matosinhos.
 
Os torneios de futebol de praia e de voleibol, os campeonatos de surf e outras atividades desportivas e de lazer, conferem às praias um colorido único!
 
Não nos podemos esquecer das lendas e peregrinações, das inúmeras festas populares, mercados e feiras. Matosinhos dos museus, com destaque para o Museu da Quinta de Santiago, edifício recuperado pelo arquiteto Fernando Távora, que alberga como exposição permanente obras emblemáticas de três pintores com forte ligação a Matosinhos – Augusto Gomes, António Carneiro e Agostinho Salgado.

Matosinhos da Cultura, ainda este ano vai poder apreciar uma peça de teatro, um concerto, um espetáculo nas novas instalações do Cine-Teatro Constantino Nery, que se encontra em processo de recuperação, da autoria do arquiteto Alexandre Alves da Costa. Um recital de piano, um concerto, uma conferência, uma exposição, tudo acontece em Matosinhos.
 
Matosinhos terra de mar, movimento e cultura.