Passar para o Conteúdo Principal
C.M Matosinhos
ColetividadesCulturaNotícias

Coletividades do concelho de parabéns

Orfeão de Matosinhos e Napesmate celebraram aniversário

19.03.19

O Orfeão de Matosinhos e a Napesmate - Núcleo dos Amigos dos Pescadores de Matosinhos celebraram no dia 17 de março mais um aniversário.
A completar os 102 anos, o Orfeão de Matosinhos assinalou a data numa cerimónia que contou com a presença do Vereador da Cultura da Câmara de Matosinhos, Fernando Rocha, e do Presidente da União das Freguesias de Matosinhos e Leça da Palmeira, Pedro Sousa. A sessão incluiu, entre outras, a atuação do coro do Orfeão de Matosinhos, a homenagem ao sócio Manuel Ferreira da Costa, uma representação viva da poetisa Sophia de Mello Breyner pelo Projeto Brumas, e a abertura de bolo comemorativo do 102º aniversário.
Recorde-se que o Orfeão de Matosinhos foi fundado em 1917 por iniciativa do jornal "O Badalo" (que deu origem a "O Comércio de Leixões), por José dos Santos Lessa e Joaquim da Silva Reis. Desde logo contou com um grande coro, só com vozes masculinas, mas nos primeiros anos começou logo a organizar outras atividades, tendo sido uma coletividade muito pujante até aos anos 40. Depois de um hiato, renasceu nos anos 60 e 70, mantendo em atividade um coro, durante muitos anos dirigido por Manuel Seabra, um grupo de teatro, jograis, secção de pesca desportiva, teatro de fantoches e variedades. O coro misto do Orfeão conta com várias internacionalizações e neste momento encontra-se em fase de revitalização. Para além do coro, o OM tem em atividade uma secção de pesca e outra de colecionismo. Ao mesmo tempo, acolheu a companhia de Teatro Contagiarte, que realiza cursos de teatro nas nossas instalações.
Por sua vez, a Napesmate - Núcleo dos Amigos dos Pescadores de Matosinhos, assinalou o 15º aniversário na sua sede, em Matosinhos, contando com a presença da Presidente da Câmara, Luísa Salgueiro, e do Presidente da União das Freguesias de Matosinhos e Leça da Palmeira, Pedro Sousa. Destaque para o programa musical, que incluiu a participação do Grupo Musical do Napesmate, do Rancho Folclórico Os pescadores de Matosinhos, do Grupo Recordações de Campia de Vouzela e do Grupo Etnográfico Os Pescadores do Castelo de Leça da Palmeira.
Recorde-se que a Napesmate, fundada em 2004, é uma instituição que procura promover e divulgar histórias escritas da vida real da pesca e dos pescadores. Em março de 2012 inaugurou, na sua nova sede social, na antiga Escola Primária do Bairro dos Pescadores, o Núcleo Museológico do Mar, um espaço museológico que tem como objetivo o estudo, preservação e promoção da memória dos pescadores de Matosinhos.
O Núcleo Museológico do Mar passou a integrar a MuMa – Rede de Museus de Matosinhos desde 18 de Maio de 2012 e dispõe de uma exposição permanente que visa dar vida e preservar memórias com a mostra de objetos que fizeram parte do “modos vivendi” de tempos passados na comunidade dos pescadores matosinhenses (alfaias da faina, como redes ou cabazes, trajes, réplicas de embarcações, peças do quotidiano, etc) oferecidos por estes ou seus familiares à instituição. Destaque também para o denominado “Cais da Memória”, onde se encontram expostas em painéis, as fotografias de pescadores da comunidade local já falecidos.
Saliente-se, por fim, que o Napesmate desenvolve o seu trabalho de promoção e divulgação de histórias escritas da vida real da pesca e dos pescadores, através da publicação mensal do boletim de distribuição gratuita “Maré”.

Not orfeao 1 1 882 600
Not orfeao 2 1 882 600
Not napesmate 1 1 882 600
Not napesmate 2 1 882 600
Not napesmate 3 1 882 600

Artigos relacionados: