Passar para o Conteúdo Principal
C.M Matosinhos
ConferênciaEmpresasMarNotícias

Matosinhos, Mar de Oportunidades

Especialistas e agentes do sector debatem a sustentabilidade da pesca

17.10.18

“O mar fará sempre parte da estratégia de Matosinhos para o futuro”, declarou hoje a Presidente da Câmara Municipal, na sessão de abertura da conferência “Matosinhos, Mar de Oportunidades”, no Edifício dos Paços do Concelho.
Presentes na sessão estiveram também o Vice-presidente da Autarquia, Eduardo Pinheiro, o Vereador do Ambiente, António Correia Pinto, e o Vereador da Mobilidade, José Pedro Rodrigues.
Dois anos volvidos da primeira edição, este evento está de volta para uma nova reflexão, reunindo especialistas e investigadores, empresas e instituições do Concelho e da região em torno dos novos desafios que se colocam à economia do mar.
Organizado pela Câmara Municipal de Matosinhos em parceria com o Fórum Oceano, a conferência abordará, ao longo do dia, questões como a diminuição de espécimes marinhos, a necessidade de reconfigurar a cadeia de valor associada à pesca, ou a sustentabilidade ambiental da economia do mar.
Luísa Salgueiro salientou que “o mar continua a ser um ativo essencial da nossa identidade”. Todavia, à ligação à atividade de pesca tradicional e indústria conserveira, Matosinhos junta “os novos desafios e oportunidades” em áreas como o turismo, o surf, a ciência e investigação, a saúde ou a gastronomia.
A sustentabilidade da pesca foi um dos temas em discussão. 3,5% é quanto a economia do mar pesa no Produto Interno Bruto (PIB), segundo Rui Azevedo, Secretário-geral do Fórum Oceano. O desafio passa por “aumentar este número em 50%”, garantindo a sustentabilidade futura dos recursos.
Entre os vários projetos nacionais e comunitários em curso nesta área, destaque para o projeto ValorMar, que visa a valorização de recursos marinhos, através da investigação, desenvolvimento e demonstração de novos produtos e da melhoria de processos produtivos, propondo soluções inovadoras para a criação de novos produtos alimentares saudáveis, com recurso a tecnologias inovadoras, sustentáveis e eficientes.
Destaque ainda para as Estações Náuticas de Portugal, projeto ao qual Matosinhos se candidatou. Consiste numa rede de oferta turística náutica de qualidade, organizada a partir da valorização integrada dos recursos náuticos presentes num território, que inclui a oferta de alojamento, restauração, atividades náuticas e outras atividades e serviços relevantes para a atração de turistas e outros utilizadores, acrescentando valor e criando experiências diversificadas e integradas.
Para Sérgio Faias, da Docapesca, “o peso social da economia do mar é muito superior ao peso económico”. “Queremos manter estas comunidades piscatórias”, frisou. O desenvolvimento sustentável e a inovação na cadeia de valor do pescado são, por isso, objetivos estratégicos. A melhoria das instalações da cadeia de frio com vista a garantir a qualidade do pescado, a implementação de um manual de boas práticas no manuseamento do pescado a bordo, a valorização do produto de pesca junto do consumidor, nomeadamente a campanha de promoção de outras espécies mais abundantes e igualmente nutritivas como a cavala e o carapau, a recolha e reciclagem de lixo marinho apanhado nas redes de pesca, são algumas das medidas implementadas.
A utilização da tecnologia na economia do mar foi também abordada.
Diogo Oliveira, da Foodtech, falou sobre a importância da tecnologia na gestão de produção industrial e qualidade, permitindo melhores resultados ao nível da competitividade e rentabilidade.
Um dos projetos em que a Foodtech está envolvida é o desenvolvimento de sistemas MES (Manufacturing Execution System) para o setor agroalimentar. Através da solução Flow Manufacturing, é possível aumentar a qualidade dos produtos, garantir a rastreabilidade em tempo real e reduzir os custos de produção.
A conferência “Matosinhos, Mar de Oportunidades” prossegue hoje à tarde. Consulte o programa em http://www.cm-matosinhos.pt/frontoffice/pages/1464?event_id=4736 

  • Conf mar oportunidades  1  1 882 600
    Conf mar oportunidades  1  1 139 90
  • Conf mar oportunidades  2  1 882 600
    Conf mar oportunidades  2  1 139 90
  • Conf mar oportunidades  3  1 882 600
    Conf mar oportunidades  3  1 139 90
  • Conf mar oportunidades  4  1 882 600
    Conf mar oportunidades  4  1 139 90
  • Conf mar oportunidades  5  1 882 600
    Conf mar oportunidades  5  1 139 90
  • Conf mar oportunidades  6  1 882 600
    Conf mar oportunidades  6  1 139 90
  • Conf mar oportunidades  7  1 882 600
    Conf mar oportunidades  7  1 139 90
  • Conf mar oportunidades  8  1 882 600
    Conf mar oportunidades  8  1 139 90
  • Conf mar oportunidades  9  1 882 600
    Conf mar oportunidades  9  1 139 90

Artigos relacionados: