Passar para o Conteúdo Principal
C.M Matosinhos
Bannera28 1 2500 2500

Comunicado: Congestionamentos de trânsito na ponte da A28

Nó da Quinta da Conceição deverá reabrir a 8 de novembro, de acordo com as previsões do concessionário.

31.10.13

Uma avaria técnica na Ponte Móvel de Leixões, no passado dia 23 de outubro, tem impedido a normal circulação de peões e automóveis entre Matosinhos e Leça da Palmeira.

A previsão de arranjo da avaria da Ponte Móvel é de cerca de dois meses.

Apesar da Administração dos Portos do Douro e Leixões (APDL) ter disponibilizado um serviço gratuito 24 horas por dia de transporte em autocarro para peões e bicicletas, temos verificado diariamente um intenso congestionamento de trânsito na Ponte da A28, nos dois sentidos, em virtude das obras que a empresa concessionária Auto- Estradas Norte Litoral está a efetuar.

As juntas transversais de dilatação da ponte da A28 estão danificadas em virtude do mau tempo do último inverno. Como tal, as obras são absolutamente necessárias para garantir a segurança da estrutura e terão de ser realizadas antes do Inverno.

A natureza da intervenção impossibilita não só que os trabalhos sejam feitos apenas durante a noite como impede que haja circulação automóvel até à conclusão da obra.

As obras estavam já previstas e estão devidamente licenciadas pelo IMT- Instituto da Mobilidade e dos Transportes.

Todavia, para minorar os efeitos dos congestionamentos de trânsito que afetam milhares de automobilistas que utilizam, neste momento, a única via de acesso entre Leça da Palmeira e Matosinhos, a Câmara Municipal de Matosinhos esteve hoje reunida com os responsáveis da APDL e da concessionária Auto- Estradas Norte Litoral.

Da reunião resultou o compromisso de que a reabertura do Nó da Quinta da Conceição, prevista para um prazo de 15 dias, será antecipada em menos de uma semana, graças ao reforço dos meios do empreiteiro e à reformulação do plano de trabalhos estabelecido pela empresa concessionária, conforme proposta da Câmara Municipal de Matosinhos.

A deficiência constatada na informação e sinalética disponibilizada aos automobilistas será igualmente corrigida.

A atuação da Polícia Municipal será também reforçada na componente de informação e controlo do tráfego, nomeadamente no desvio do Nó da Quinta da Conceição para o Nó da Exponor.

A Câmara Municipal de Matosinhos propôs à APDL que autorizasse a circulação automóvel na travessia de serviço no interior do Porto de Leixões, sob a A28. O acesso à área portuária do porto de Leixões está, no entanto, legalmente impedido à circulação pública, visto tratar-se de uma zona internacional, de fronteira, e com restrições legais e de segurança. Diariamente passam pelo porto de Leixões mais de 2 000 camiões, maquinaria pesada e diverso equipamento de movimentação de mercadorias, além de composições ferroviárias, o que coloca em risco pessoas e bens que não utilizam habitualmente o porto.

Tudo o que acontece no Porto de Leixões afeta Matosinhos. Esta avaria técnica da Ponte Móvel é apenas um desses exemplos.

A Câmara Municipal de Matosinhos quer retomar a relação de confiança que sempre existiu entre a comunidade e o Porto de Leixões.

Para isso, é imperioso o bom senso e a compreensão de todos.

 

Artigos relacionados: