Passar para o Conteúdo Principal
C.M Matosinhos

7ª Edição “Os Hospitalários no Caminho de Santiago”

O Mosteiro de Leça do Balio regressou à Idade Média. Hoje não perca a recriação da Lenda do Ferro Caldo!
07.09.12
not1_Hospital_rios_6set.jpg
 
A chegada dos peregrinos ao Mosteiro de Leça do Balio marcou o primeiro dia da sétima edição de “Os Hospitalários no Caminho de Santiago”.

Durante séculos, vindos de toda a Europa, homens e mulheres rumavam até Santiago de Compostela, passando, em Portugal, pelo Mosteiro de Leça do Balio, local onde recebiam apoio e abrigo nas suas peregrinações.

Classificado Monumento Nacional desde 23 de junho de 1910, o Mosteiro de Leça do Balio é considerado um dos melhores exemplares arquitetónicos existentes no país, de transição do estilo românico para o gótico. Com origem anterior ao séc. X, foi posteriormente (séc. XII) a primeira casa mãe dos Cavaleiros Hospitalários da Ordem de Malta em Portugal.

A importância deste monumento levou a Câmara Municipal de Matosinhos a apostar num evento que dignificasse e perpetuasse a memória do Mosteiro de Leça do Balio nos antigos caminhos de Santiago de Compostela.

Ontem, o Presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, Dr. Guilherme Pinto, o Vereador da Cultura da Autarquia, Fernando Rocha, e o presidente da junta de freguesia de Leça do Balio, Francisco Araújo, assistiram à primeira recriação histórica da Feira Medieval.

Até ao próximo dia 9 de Setembro, milhares de visitantes de todo o país e da vizinha Espanha participam nesta verdadeira viagem no tempo.

Hoje, a Feira Medieval de Leça do Balio abre as portas ao meio-dia, contagiando os visitantes com música medieval, malabaristas, saltimbancos, bailarinas da dança do ventre, encantadores de serpente, artesãos, mercadores e tabernas medievais, torneios e combates medievais, ceias medievais, falcoaria, passeios de burro, e muita, muita animação!

O ponto alto do segundo dia de “Os Hospitalários no Caminho de Santiago” está marcado para as 24h00. Nessa altura será recriada a lenda do Caldo Ferro.

No interior do Mosteiro de Leça do Balio, existe o sarcófago do Balio D. Frei Garcia Martins. O balio era a personalidade principal do mosteiro, quem governava o mosteiro e as suas propriedades.

D. Frei Garcia Martins foi o balio de Leça do Balio nos inícios do século XIV. Colocado, após a sua morte, no sarcófago, este viria, quarenta anos depois, a revelar uma interessante propriedade: começou a libertar um agradável odor. Os dias iam passando e o cheiro era cada vez mais forte e agradável. A curiosidade das pessoas foi tanta que acabaram por levantar a tampa da sepultura e constatar um milagre: o corpo do balio, apesar de morto há quatro décadas, estava incorrupto. Tal facto, associado ao odor que dele exalava, fez com que as pessoas o considerassem santo: o Santo Homem Bem Cheiroso. Este “santo” (apesar de nunca ter sido reconhecido pela Igreja) foi autor de muitos milagres até aos inícios do século XIX, quando os monges hospitalários se viram forçados a abandonar o mosteiro. O primeiro e mais célebre de todos é o milagre do “ferro caldo”. Reza a lenda que uma bela e jovem donzela de Leça do Balio, acusada de adultério, viu-se obrigada a submeter à “prova do ferro caldo”, isto é, a ter que segurar num ferro em brasa e, sem o largar, dar um conjunto significativo de passos. Pois bem, a jovem não só deu as passadas às quais era obrigada, como andou muito mais do que isso e sem ter ficado com uma única ferida nas mãos. Tudo, porque pedira a proteção e se encaminhara para o túmulo do Santo Homem Bem Cheiroso.

O Mosteiro de Leça do Balio acolheu também o único casamento real fora da capital. Em 1372, o rei D. Fernando casou com D. Leonor de Teles, episódio cuja recriação histórica, no próximo domingo à tarde, constitui o momento alto de “Os Hospitalários no Caminho de Santiago”, atraindo milhares de visitantes.
 
PROGRAMA
 
Sexta-feira, dia 7 de Setembro
12h00 - Abertura do mercado
22h00 - Concerto música medieval
24h00 - Recriação da Lenda de Ferro Caldo
01h00 - Encerramento
 
Sábado, dia 8 de Setembro
12h00 - Abertura do mercado
15h00 - Recriação Histórica - Entrada Régia “El Rei D. Fernando vem de Lisboa a Leça”
19h00 - Torneio Medieval apeado
20h30 - Ceia Medieval com animação
22h00 - Concerto música medieval
01h00 - Encerramento
 
Domingo, dia 9 de Setembro
10h00 – Peregrinação pelo Caminho de Santiago, da Capela de Santo António do Telheiro até ao Mosteiro de Leça do Balio
12h00 - Abertura do mercado
17h00 - Recriação histórica do Casamento de D. Fernando e D. Leonor
21h30 - Concerto de música medieval
22h00 - Espetáculo de encerramento
 
E ainda… saltimbancos e malabaristas; justas; acrobacias, danças e folguedos; demonstração de aves; dança do ventre; encantador de serpentes; adubamento de novos Cavaleiros; animação em arruadas pelo recinto; treino da guarnição; adestramento de falcoaria para a caça Altaneira; bailias e danças ao som da gaita-de-foles; aplicação de castigos na praça pública; treinos com arco; mostra de armas; Autos de Fé; passeios de burro; treinos de armas; jogos; cetraria e falcoaria; teatro de fantoches… e muito mais.
 
 
 
INFORMACÕES ÚTEIS
 
Horário de Funcionamento da Feira
Dia 6 de Setembro das 17h00 as 01h00
Dias 7 e 8 de Setembro das 12h00 as 01h00
Dia 9 de Setembro das 12h00 as 22h00
 
Preço de Entrada
Bilhete diário, válido para uma entrada – 1€
Pulseira, válida para todo o evento (4 dias) – 3€
Crianças até 1,30m de altura isentas de pagamento
 
Parques de estacionamento gratuitos: “Parque da Unicer”, “Centro Empresarial Lionesa” e “Parque da Feira de Santana”.
 
Visitas guiadas ao Mosteiro e Recriação da Peregrinação
(Informações e inscrições nos Postos de Informação)
 
Horário das Visitas
Dia 7 Setembro: 15H00, 16H00, 17H00;
Dia 8 Setembro: 15H00, 16H00, 17H00;
Dia 9 Setembro: 15H00, 16H00
 
Os copos de bebida são facultados nas Tabernas Medievais mediante caução.
 
Ceias Medievais
Adulto - 30 euros; Criança (0 aos 12 anos) - 15 euros
 
Bilhetes à venda no recinto nos horários de funcionamento da feira. Limitados à lotação.
 
STCP: linha 505
 
Recomenda-se a consulta em cada tenda, da lista de preços exposta ao público.
 
 
not2_Hospital_rios_6set.jpg

Artigos relacionados: