Passar para o Conteúdo Principal
C.M Matosinhos

Sustentabilidade e Responsabilidade Social

AutarquiaResponsabilidadeSocialSustentabilidade

Relatório de Sustentabilidade e Responsabilidade Social 


Ao longo das últimas duas décadas o concelho de Matosinhos afirmou-se no contexto nacional, pela sua modernidade e pela dinâmica cultural, social e económica, alicerçadas numa relevante oferta nestas áreas, que muito contribuíram para a qualificação dos serviços prestados e para a (sua) regeneração urbanística.

Atualmente, consideramos fundamental que o princípio da gestão autárquica seja o da sustentabilidade, se considerarmos que vivemos numa época particularmente difícil da economia portuguesa.

Por isso, a missão da Câmara Municipal de Matosinhos para 2014/2017 vai mais longe, centrando-se na prestação de um serviço público de qualidade baseado no planeamento, na coordenação e na gestão eficiente dos recursos municipais. É uma missão que está vocacionada para o desenvolvimento coerente e equilibrado do território, para a preservação da herança e património históricos e para a prosperidade sustentada de longo prazo.

Assim, temos como objetivos primordiais: ativar e incentivar a participação dos munícipes e implementar medidas de desenvolvimento económico e social que promovam a melhoria da qualidade de vida e segurança dos cidadãos que residem estudam e trabalham no município.

Ativar a Cidadania assume-se como um objetivo estratégico do mandato. Pretendemos, com criatividade, mobilizar todos os cidadãos para os desafios do futuro e do presente, fazendo com que cada um sinta que pode e deve contribuir para o destino coletivo.

Ao ativar a cidadania estamos a potenciar a criação da cidade rede, da cidade impulso, da cidade criativa e a cidade lazer, desafios estes que farão parte da nossa estratégia de gestão autárquica nos próximos três anos.

A emergência social de crise obriga a que cada cidadão se comprometa à solidariedade com o seu próximo. Assim, ao mobilizar os cidadãos para se envolverem na cidade rede, estamos a criar uma cidade solidária, que está atenta às necessidades dos que fazem as instituições sociais, dos idosos, das crianças e dos portadores de deficiência. Neste sentido, torna-se incontornável a criação de condições para o encontro da escola com a comunidade, dando lugar a uma parceria que assenta no princípio por nós ambicionado da “escolicidade”.

Por outro lado, queremos ativar a cidadania para fazer a cidade impulso como uma nova forma de dar resposta à crise, gerando emprego, através da capacidade e da iniciativa criativa. Matosinhos lidera hoje a região e o norte em termos de investimento, no entanto queremos, com determinação e sustentabilidade continuar a levar a região para lá da crise.

O objetivo é criar um ambiente favorável ao empreendedorismo, cultivá-lo, concretizar o investimento projetado e em curso, aumentar a transparência e monitorizar em permanência a performance da Câmara.

Ativar a cidadania para fazer a cidade criativa, porque a cultura tem um papel decisivo na nossa estratégia, como fruição, mas sobretudo como agente económico. A Orquestra de jazz, Quarteto de Cordas, O Teatro Constantino Nery, as obras do arquiteto Siza Vieira são já hoje símbolos de excelência, símbolos que atravessaram fronteiras e se afirmaram no contexto mundial. Contudo, é fundamental dar continuidade a esta política de promoção cultural para que cada vez mais pessoas de outros países conheçam e queiram visitar Matosinhos.

Desta forma, na prossecução do que tem sido a programação cultural da Câmara Municipal ao longo dos últimos anos, continuaremos a pugnar para que a nossa “agenda” e programação não se esgote nos matosinhenses, mas que, numa perspetiva de complementaridade metropolitana (e não concorrencial) atraia públicos de toda a região, potenciando também outros sectores, como é o caso do turismo e o da restauração.

Matosinhos tem várias fatores de interesse, é a sala de jantar de toda a região, é uma cidade que merece ser visitada. Como tal, o incentivo é o de ativar a cidadania para fazer a cidade lazer, que só se concretizará com o esforço de milhares de cidadãos que é preciso potenciar todos os dias.

Há ainda mais aspetos que podemos e desejamos melhorar, nomeadamente, renovar o tecido e o espaço urbano, rasgar espaços de encontro, qualificar o território com imaginação, criatividade e sustentabilidade. Enfim, do mar ao interior, a ideia é cuidar e pensar cada espaço para que Matosinhos seja a cidade que ambicionamos.

Neste enquadramento e tendo por base estes objetivos, a Câmara Municipal de Matosinhos tem duas finalidades que se se apresentam como a estratégia estrutural para sua concretização: candidatar-se em 2015 a Cidade Criativa do Design, no âmbito da Rede de Cidades Criativas da UNESCO e em 2016 a Capital Cultural do Eixo Atlântico.

Criada em 2004 no âmbito da Rede de Cidades Criativas da UNESCO, esta rede de Cidades Criativas, na área do Design, procura desenvolver a cooperação internacional entre cidades que identificaram e elegeram a criatividade como fator estratégico, como fator diferenciador para o seu desenvolvimento. Atualmente, há mais de 40 cidades membros em todo o mundo, sendo que na área do design se destacam Buenos Aires, Berlim, Saint-Étienne, Shangai e Montreal.

Aproveitando o que temos, o que fazemos e o que nos distingue no panorama nacional face aos nossos parceiros do Eixo Atlântico, em 2016 pretendemos transformar o concelho num espaço cultural diversificado onde se cruzam lazer, gastronomia, design, criatividade e cultura nas suas mais diferentes formas.

Não obstante estas nossas intencionalidades, que pretendem mudar o paradigma e a imagem de Matosinhos, estamos convictos que tal só se concretizará se continuarmos a assumir uma gestão assente na sustentabilidade financeira do Município que seja transversal a todos os nossos projetos. Por isso, estamos também a executar planos de manutenção preventiva dos equipamentos e infraestruturas da Câmara, definindo políticas de sustentabilidade a longo prazo. Com este relatório de sustentabilidade responsabilidade social, a Câmara Municipal de Matosinhos pretende levar a conhecimento dos cidadãos o trabalho efetuado e os resultados obtidos pela autarquia em atividades e áreas menos visíveis e/ou imateriais (educação, social, cultura, desporto, etc), recorrendo a indicadores, gráficos evolutivos, comparações e outras formas de divulgação.

Convido-o/a, desta forma, a conhecer um pouco melhor o município de Matosinhos!

O Presidente da Câmara