Passar para o Conteúdo Principal
C.M Matosinhos

Largo do Souto

O Sítio

O Largo do Souto, espaço central da freguesia de Custóias, caracteriza-se essencialmente pela presença de árvores de grande porte, na sua maioria plátanos, apresentando também algumas espécies arbustivas. O largo encontra-se rodeado por edifícios de altura variável entre r/c e 1 e r/c e 3 em que, sobretudo ao nível do rés-do-chão, estão instalados diversos serviços públicos e espaços de comércio.

Localiza-se aqui o Centro Cívico e a Junta de Freguesia de Custóias.

O largo é atravessado por percursos pedonais rectilíneos, pavimentados em cubo de granito, tem uma zona de estadia e um parque infantil. É um local de passagem, mas essencialmente de estadia e recreio, onde outrora já se realizou a feira de Custóias agora transferida para o seu espaço próprio, praticamente contíguo ao largo. Em torno do largo da feira localizam-se vários equipamentos públicos, nomeadamente estabelecimentos de ensino, cemitério, esquadra da polícia, a Igreja velha de Custóias e a Casa de Sam Thiago.

A designação de largo do Souto deixa-nos antecipar a presença de um património arbóreo bem distinto do actual porventura constituído por castanheiros, sobreiros ou carvalhos ou oliveiras. Não houve ainda acesso a uma fonte de informação – monográfica ou iconográfica – que sobre este assunto fosse esclarecedora.

 

Património Cultural

Igreja velha de Custóias – séc XVIII.

Casa de Sam Thiago.

 

Património Natural

Espaço essencialmente caracterizado por um maciço arbóreo de plátanos (Platanus orientalis var. acerifolia). Presença de outras árvores de carácter ornamental, designadamente, tuia (Platycladus orientalis), magnólia (Magnolia grandiflora), e teixo (Taxus baccata). Surgem, também, algumas espécies arbustivas, como é o caso do folhado (Viburnum tinus) e de rododendros (Rhododrendon sp.).

 

Acessibilidade

A28, direcção Viana do Castelo/Matosinhos, direcção a Custóias.

R. Cândido dos Reis.