Passar para o Conteúdo Principal
C.M Matosinhos
AssociaçõesAutarquiaExecutivoNotícias

Executivo unânime

Voto de congratulação pelas distinções na área social

05.12.17

O executivo da Câmara Municipal de Matosinhos, hoje reunido, aprovou por unanimidade um voto de congratulação pelos prémios atribuídos a três instituições de Matosinhos que trabalham na área da ação social: a Escola de Segunda Oportunidade de Matosinhos (Prémio Manuel António da Mota), a Unidade de Cuidados Continuados e Paliativos Pediátricos da associação Nomeiodonada (Prémio “O Norte Somos Nós” da CCDRN) e a Associação de Planeamento Familiar do Bairro da Biquinha (menção honrosa do Prémio Manuel António da Mota).

O voto de congratulação foi apresentado pelo vereador da Educação e do Ambiente, António Correia Pinto, que salientou o facto de três instituições de Matosinhos, apoiadas pelo município, terem visto o seu trabalho reconhecido num único fim-de-semana.

O vereador recordou o caráter excecional da Escola de Segunda Oportunidade de Matosinhos, que há dez anos garante soluções formativas a um largo conjunto de jovens que estavam fora do sistema de ensino regular. “Este trabalho só tem sido possível com o apoio da Câmara Municipal de Matosinhos, pois o Ministério da Educação nunca foi capaz de dar o suporte necessário”, considerou, acrescentando que faz todo o sentido que esta solução formativa possa ser alargada e adaptada a outros concelhos do país.

O Kastelo, Unidade de Cuidados Continuados e Paliativos Pediátricos, é também um equipamento único no país, inaugurado no ano passado em São Mamede Infesta, com o apoio da Câmara Municipal de Matosinhos.

A Associação para o Planeamento da Família (APF) da Biquinha funciona desde 2004, dirigindo a sua atividade na área da educação sexual e da promoção de comportamentos sexuais e reprodutivos saudáveis às pessoas e comunidades que apresentam maiores dificuldades e vulnerabilidades.

Por iniciativa da presidente da câmara, Luísa Salgueiro, foi ainda aprovado, também por unanimidade, um voto de pesar pela morte do empresário Belmiro de Azevedo. Luísa Salgueiro justificou a apresentação do voto pela importância empresarial que Belmiro de Azevedo e o grupo económico que dirigiu tiveram em Matosinhos, onde estão sediadas várias das suas empresas.

  • 1451 1 882 600
    1451 1 139 90
  • 1449 1 882 600
    1449 1 139 90
  • 1453 1 882 600
    1453 1 139 90
  • 1470 1 882 600
    1470 1 139 90
  • Image 7 1 882 600
    Image 7 1 139 90
  • Image 8 1 882 600
    Image 8 1 139 90

Artigos relacionados: