Passar para o Conteúdo Principal
C.M Matosinhos
2500x600 1 2500 2500
OJMConstantinoNeryMúsicaNotícias

Concerto OJM & João Barradas

Ciclo de novos talentos trouxe uma das revelações do jazz nacional a Matosinhos

05.11.17

O sétimo concerto do ciclo dedicado aos Novos Talentos do Jazz trouxe o acordeonista e compositor João Barradas a Matosinhos.

A convite da Orquestra Jazz de Matosinhos (OJM) que, desde 2014, leva a cabo esta iniciativa que pretende revelar alguns dos melhores solistas da nova geração do jazz português, decorreu na sexta-feira, 3 de novembro, mais um concerto memorável no Teatro Municipal de Matosinhos - Constantino Nery.

No mundo do jazz, João Barradas tem sido apontado como um expoente do acordeão por nomes cimeiros do jazz norte-americano como Nicholas Payton e Walter Smith III, e participado nos mais importantes festivais nacionais e internacionais. Já em 2017, a Inner Circle/Nischo editou o disco Directions, em que o músico liderou um grupo formado por João Paulo Esteves da Silva, André Fernandes, Bruno Pedroso e André Rosinha, amplamente elogiado pela crítica.

O programa do concerto contou com Letter to Mother’s Immersion -João Barradas (1992) (arranjos João Pedro Brandão); Varazdin’s Landscape - João Barradas (1992) (arranjos José Pedro Coelho); Choro Dançado - Maria Schneider (1960); Our Secret World - Kurt Rosenwinkel (1970) (arranjos Carlos Azevedo); Certeza - João Paulo Esteves da Silva (1961) (arranjos Carlos Azevedo); Joys & Desires #2 - John Hollenbeck (1968); After a Dance or Two - John Hollenbeck (1968) ; We Sit Down for a Pint John Hollenbeck (1968); e Up From the Skies - Jimmy Hendrix (1942-1970) (arranjos Jim McNeelly).

Natural do Porto, João Barradas começou a estudar acórdeão com apenas seis anos, numa pequena escola de música em Samora Correia. Aos sete ingressou no Instituto de Música Vitorino Matono, em Lisboa, e com nove anos entrou diretamente no 2º grau do Curso Oficial de Acordeão do Conservatório Nacional, formação que terminou com a nota máxima de 20 valores.

A improvisação chega-lhe pela audição de acordeonistas históricos do Jazz como Gil Goldstein, Art Van Damme, Tommy Gumina e Johnny Meijer. Com 10 anos recebeu as primeiras noções de improvisação através do acordeonista João Frade. A sua extrema curiosidade leva-o a estudar com os maiores nomes do Jazz português, como João Paulo Esteves da Silva, Afonso Pais, Filipe Melo, Pedro Madaleno, Paula Sousa, Nelson Cascais, André Sousa Machado, Bernardo Moreira, Bruno Santos, entre outros.
No plano internacional frequentou vários workshops e masterclasses, conheceu e trabalhou com Mark Turner, Avishai Cohen, Jim Black, Eric Harland, Nir Felder, Carlos Bica, Miguel Zenón, Robin Eubanks, Matt Penman, Stefan Harris e Frank Mobus.

João Barradas é hoje um dos músicos mais ativos na música contemporânea para acordeão tendo trabalhado com os compositores: Pedro Carneiro, Nuno da Rocha, Dimitris Andrikopoulos, Vitorino Matono, Jarmo Sermila, Edgar Saramago, Tuomas Turriago, Joaquim Raposo, Etiene Crausaz, Filipe Melo, André Santos, Jon Hansen, Carlos Azevedo, Carlos Caires e Eugénio Amorim.

A Orquestra Jazz de Matosinhos está a celebrar 20 anos e é uma instituição sem fins lucrativos que tem por objetivo promover a criação, a investigação, a divulgação e a formação na área do Jazz. Constituída a 15 de dezembro de 1999, com o apoio da Câmara Municipal de Matosinhos, a OJM cumpre o papel de uma Orquestra Nacional de Jazz.

Cruzando ambição internacional com sentido de responsabilidade local, a Orquestra tem investido de forma continuada no desenvolvimento de projetos artísticos diversificados, de projetos formativos coerentes e na edição discográfica de jazz português. Considerada pioneira num território largamente inexplorado, a OJM é dirigida por Pedro Guedes e Carlos Azevedo e composta por 18 músicos.

Próximos concertos da OJM:

- 30 de novembro, Casa da Música, 22h00, OJM & Rebecca Martin;

- 1 de dezembro - Conservatori Liceu – Barcelona, 21h00, Rebecca Martin & Orquestra Jazz de Matosinhos

  • Imagem00001 1 882 600
    Imagem00001 1 139 90
  • Imagem00002 1 882 600
    Imagem00002 1 139 90
  • Imagem00003 1 882 600
    Imagem00003 1 139 90
  • Imagem00004 1 882 600
    Imagem00004 1 139 90
  • Imagem00005 1 882 600
    Imagem00005 1 139 90
  • Imagem00006 1 882 600
    Imagem00006 1 139 90
  • Imagem00007 1 882 600
    Imagem00007 1 139 90
  • Imagem00008 1 882 600
    Imagem00008 1 139 90
  • Imagem00009 1 882 600
    Imagem00009 1 139 90
  • Imagem00010 1 882 600
    Imagem00010 1 139 90
  • Imagem00011 1 882 600
    Imagem00011 1 139 90
  • Imagem00013 1 882 600
    Imagem00013 1 139 90
  • Imagem00014 1 882 600
    Imagem00014 1 139 90
  • Imagem00015 1 882 600
    Imagem00015 1 139 90
  • Imagem00016 1 882 600
    Imagem00016 1 139 90

Artigos relacionados: