Passar para o Conteúdo Principal
C.M Matosinhos
LutoMunicipalReligiãoBispodoPortoNotícias

Três dias de luto municipal

Decisão da Câmara de Matosinhos em virtude do falecimento do Bispo do Porto, D. António Francisco dos Santos

11.09.17

O Presidente da Câmara Municipal de Matosinhos decretou hoje o luto municipal de três dias devido ao falecimento do Bispo do Porto, hoje, aos 69 anos, na Casa Episcopal da Diocese do Porto.

Salientando a especial generosidade de D. António Francisco dos Santos, Eduardo Pinheiro expressa uma profunda consternação pela perda do líder de uma instituição querida pela generalidade dos matosinhenses, endereçando as mais sentidas condolências a todos os membros da Diocese do Porto e à família de D. António Francisco dos Santos.

Assim, nos dias 11, 12 e 13 de setembro, a bandeira do Município de Matosinhos estará colocada a meia haste em todos os seus edifícios. Todos os eventos promovidos pela autarquia foram também já anulados durante o mesmo período.

Recorde-se que D. António Francisco dos Santos visitou várias vezes o concelho de Matosinhos nos últimos meses, tendo contribuído decisivamente para o avanço de um importante conjunto de projetos de preservação do património histórico e religioso do concelho.

O corpo do Bispo do Porto estará em câmara ardente na Sé Catedral hoje a partir das 17h00. O funeral terá lugar na próxima quarta-feira, pelas 15h00.
Nomeado Bispo do Porto em fevereiro de 2014, D. António Francisco dos Santos sucedeu no cargo a D. Manuel Clemente, tomando posse a 5 de abril do mesmo ano.

D. António Francisco dos Santos foi ainda bispo de Aveiro e auxiliar de Braga, tendo sido ordenado bispo em março de 2005, na Sé de Lamego.

Natural de Tendais, no Concelho de Cinfães (Diocese de Lamego), foi ordenado padre em dezembro de 1972.

Após os estudos no seminário da sua diocese, licenciou-se em Filosofia na 'École Pratique de Hautes Études Sociales', com mestrado no Instituto Católico de Paris, onde obteve ainda o diploma de Sociologia Religiosa.

Durante os estudos em Paris, foi membro da equipa sacerdotal da Paróquia de São João Batista de Neuilly-sur-Seine, assumindo a responsabilidade pastoral da comunidade portuguesa.

João Paulo II nomeou-o auxiliar de Braga, a 21 de dezembro de 2004. Já o Papa Bento XVI escolheu-o como bispo da Diocese de Aveiro, em setembro de 2006 e tomou posse a 8 de dezembro do mesmo ano.

Na Conferência Episcopal Portuguesa, D. António ocupava o cargo de presidente da Comissão Episcopal da Pastoral Social e Mobilidade Humana e de vogal da Comissão Episcopal da Educação Cristã e Doutrina da Fé.

  • Not luto municipal bispo do porto 1 1 882 600
    Not luto municipal bispo do porto 1 1 139 90
  • Not luto municipal bispo do porto 2 1 882 600
    Not luto municipal bispo do porto 2 1 139 90
  • Not luto municipal bispo do porto 3 1 882 600
    Not luto municipal bispo do porto 3 1 139 90
  • Not luto municipal bispo do porto 4 1 882 600
    Not luto municipal bispo do porto 4 1 139 90
  • Not luto municipal bispo do porto 5 1 882 600
    Not luto municipal bispo do porto 5 1 139 90
  • Not luto municipal bispo do porto 6 1 882 600
    Not luto municipal bispo do porto 6 1 139 90
  • Not luto municipal bispo do porto 7 1 882 600
    Not luto municipal bispo do porto 7 1 139 90
  • Not luto municipal bispo do porto 8 1 882 600
    Not luto municipal bispo do porto 8 1 139 90
  • Not luto municipal bispo do porto 9 1 882 600
    Not luto municipal bispo do porto 9 1 139 90
  • Not luto municipal bispo do porto 10 1 882 600
    Not luto municipal bispo do porto 10 1 139 90
  • Not luto municipal bispo do porto 11 1 882 600
    Not luto municipal bispo do porto 11 1 139 90
  • Not luto municipal bispo do porto 12 1 882 600
    Not luto municipal bispo do porto 12 1 139 90
  • Not luto municipal bispo do porto 13 1 882 600
    Not luto municipal bispo do porto 13 1 139 90

Artigos relacionados: