Passar para o Conteúdo Principal
C.M Matosinhos
AçãoSocialNotícias

Rede Social de Matosinhos

Quase 600 mil euros para apoiar instituições

31.07.17

imagemA Câmara Municipal de Matosinhos aprovou este mês um conjunto de apoios a dezasseis instituições de ação social e saúde do concelho, tendo em vista a necessidade de promover a proteção de todos os munícipes, nomeadamente daqueles que se encontram em situação de maior vulnerabilidade. O montante dos apoios concedidos é de 583.542,04 euros, destinando-se à definição de ações e atividades que possam dar resposta às necessidades diagnosticadas.

Enquadrado pelo Plano de Desenvolvimento Social de Matosinhos, o suporte financeiro da autarquia àquelas instituições tem em vista, refira-se, a melhoria dos serviços prestados e dos equipamentos disponíveis.

No âmbito da Rede Social, a Câmara Municipal de Matosinhos atribuiu subsídios no valor de 333.185 euros a dez instituições: Associação de Apoio a Pessoas com Cancro, Associação de Apoio Social de Perafita, Associação de Solidariedade Social da Urbanização do Seixo, Associação de Surdos de Apoio a Surdos de Matosinhos, Associação Rumo à Vida, Centro de Apoio à Terceira Idade de São Mamede de Infesta, Centro Social e Cultural de Custóias, Centro Social Paroquial de Santa Cruz do Bispo, Centro Social Paroquial Padre Ângelo Ferreira Pinto e Liga Nacional Criança Esperança-Renascer. Este apoio destina-se à realização de obras e à aquisição de equipamentos, entre os quais cinco viaturas, uma vez que as instituições em causa não conseguem reunir recursos próprios para realizarem total ou parcialmente os investimentos necessários.

No âmbito do Projeto RPICPE - Rede de Parceria das Instituições de Combate à Precariedade Económica, a Câmara Municipal de Matosinhos aprovou ainda a atribuição de subsídios no valor de 33.857,04 euros a quatro instituições que operam na área do apoio alimentar a famílias economicamente carenciadas: Ajuda Fraterna São Martinho de Guifões, Cruz Vermelha Portuguesa - Delegação de Matosinhos, Liga Nacional Criança Esperança-Renascer e Lions Clube da Senhora da Hora.

Tendo em atenção a especial vulnerabilidade das pessoas que se encontram em situação de risco, a autarquia aprovou igualmente o apoio a mais quatro instituições que realizam trabalho com crianças e jovens, apoio a vítimas de Violência Doméstica e alojamento temporário de famílias com caráter de emergência. O Lar da Santa Cruz, a Conferência de Jovens de São Judas Tadeu, a Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação de Matosinhos e a Stella Maris de Leixões vão, assim, receber subsídios no valor global de 216.500 euros, uma parte dos quais será investida na construção de um lar para a infância e juventude (feminino).

Artigos relacionados: