Passar para o Conteúdo Principal
C.M Matosinhos
Imagem conf dia mulher 1 2500 2500
NotíciasDiaInternacionalMulher

Dia Internacional da Mulher

Apresentação do estudo "Os Usos do tempo de homens e de mulheres em Portugal"

08.03.17

Decretado em 1957 pela Organização das Nações como o Dia Internacional da Mulher, o dia 8 de março é assinalado um pouco por todo o mundo.

O Presidente da Câmara Municipal de Matosinhos, Eduardo Pinheiro, distribuiu hoje flores numa conferência sobre o tema e deixou uma mensagem de persistência para inverter as desigualdades ainda existentes na nossa sociedade, nomeadamente ao nível dos salários, horários de trabalho, carreira profissional e violência.

A Câmara Municipal de Matosinhos promoveu esta manhã uma reflexão sobre a igualdade de género e a promoção do equilíbrio entre o trabalho e a vida privada.

Ana Cardoso, socióloga do CESIS – Centro de Estudos para a Intervenção Social, apresentou o estudo sobre "Os Usos do tempo de homens e de mulheres em Portugal".

Desenvolvido entre outubro de 2014 e setembro de 2016, o estudo procurou perceber junto de homens e mulheres, vivendo em conjugalidade ou monoparentalidade, de que forma articulam na sua vida quotidiana uma atividade profissional e os cuidados a filhas e filhos com idade igual ou inferior a 15 anos.

O inquérito abrangeu 10146 pessoas, das quais 57,1% eram mulheres e 42,9% homens.
39,4% das mulheres afirmam não ter tempo para fazer as coisas que gosta. No caso dos homens a percentagem é de 30,2.

“O trabalho não pago (tarefas domésticas e cuidado da família) é invisível, não tem valor de mercado, logo não é reconhecido pela própria sociedade e é onde se acentuam as maiores desigualdades”, revelou Ana Cardoso, a propósito do tempo em família. As mulheres dedicam, por exemplo, 3h06 por dia a cuidar das crianças, enquanto os homens dedicam 2h14.

Em relação ao anterior estudo, datado de 1999, o novo documento aponta para alguns progressos, mas pouco significativos na sua generalidade. Mantém-se a sobrecarga das mulheres no domínio do trabalho não pago e são as mulheres que mais sofre da escassez de tempo. Em média, as mulheres (4h23) dedicam mais uma 1h45 por dia do que os homens (2h38) ao trabalho não pago. No final do mês, contam-se 35 horas, o que corresponde a uma semana de 35 horas de trabalho pago.
No trabalho pago, os homens (9h02) trabalham em média mais 27 minutos que as mulheres (8h35).

Lurdes Queirós, Vereadora da Ação Social, considerou que a apresentação deste estudo constituiu “uma abordagem diferente do Dia Internacional da Mulher”, salientando que a data “deve lembrar-nos as mulheres que lutaram para que hoje pudéssemos falar de igualdade”.

A Câmara Municipal de Matosinhos, recorde-se, está na linha da frente no que respeita à igualdade de género, dispondo de um Plano Municipal para a Igualdade de Género, parte integrante do seu Plano de Desenvolvimento Social.

Ainda no âmbito desta efeméride, pelas 15 horas, o Museu da Quinta de Santiago, em Leça da Palmeira, acolhe a conferência “Desigualdade de género na arte em Portugal”, a cargo de Rui Pedro Fonseca. A sessão, dinamizada pela Associação Universidade Sénior de Matosinhos, contará também com a participação de Maria Gagliardini e com recitais de poesia e piano a cargo, respetivamente, de Raquel Patriarca e José Veloso Rito.

Já no próximo domingo, 12 de março, a partir das 10h30, o Dia Internacional da Mulher será pretexto para o regresso antecipado da iniciativa “Põe-te a Mexer” um programa da Câmara Municipal de Matosinhos levado a cabo pela Matosinhos Sport desde 2006. O “Põe-te a mexer… pela mulher” terá lugar na marginal de Matosinhos e incluirá uma caminhada de 6 quilómetros, sessões de zumba e pilates, e workshops de beleza. A participação será, como sempre, gratuita, mas existe a possibilidade de receber um kit de participação que tem um custo de três euros, revertendo as receitas para a Liga Portuguesa Contra o Cancro. A inscrição pode ser feita na União de Freguesias de Matosinhos e Leça da Palmeira através do telefone 229 997 030 ou do e-mail geral@jf-matosinhoslecapalmeira.pt.

Not conf dia mulher 1 1 882 600
Not conf dia mulher 2 1 882 600
Not conf dia mulher 3 1 882 600
Not conf dia mulher 4 1 882 600
Not conf dia mulher 5 1 882 600
Not conf dia mulher 6 1 882 600
Not conf dia mulher 7 1 882 600
Not conf dia mulher 8 1 882 600
Not conf dia mulher 9 1 882 600
Not conf dia mulher 10 1 882 600
Not conf dia mulher 11 1 882 600

Artigos relacionados: